MAPA DO SITE

Famup diz que prefeito que terminar o ano pagando servidor em dia alcançará um milagre

07/05/2016 às 14h25m



Com exceção de João Pessoa e de Campina Grande, o prefeito paraibano que conseguir terminar o ano sem atrasar salários de servidores pode dizer que alcançou um milagre. A constatação é do presidente da Federação das Associações dos Municípios da Paraíba (Famup), Tota Guedes, que alerta para o aprofundamento da crise, por conta da letargia em Brasília.

Ele lembrou que a crise começou em 2008, quando o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, desdenhou garantindo que era "só uma marolinha". O presidente da Famup disse que a partir daí, as arrecadações foram caindo, os repasses e transferências foram sendo reduzidos, seguindo-se de desemprego nas indústrias e por conta do fechamento do comércio. "Sem impostos, o FPM diminuiu porque a base do Fundo de Participação é ISS e o Imposto de Renda, além do ICMS, para municípios maiores. Do outro lado, medicamentos, combustíveis e salários aumentaram. Tudo contribuiu para essa situação", lamentou.

Tota Guedes disse que é grande a preocupação, porque a partir de junho às receitas tendem a cair cada vez mais, até outubro. "Em maio ainda tem a restituição do IR, mas depois a tendência é seguir a queda", previu.

Ele garantiu que os prefeitos estão com dificuldades de cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal. "Só em passar os limites de gastos com pessoal, o gestor já infringe a Lei de Responsabilidade. Muitos vão se tornar ficha suja por conta da crise que o governo federal deveria ser responsabilizado", disse.

Tota reconheceu que o Congresso Nacional não vota nada e que os gestores não conseguem nenhum tipo de liberação nos ministérios ou em outros órgãos do governo federal.  "O Congresso está parado e temos uma pauta municipalista esperando. O presidente da Câmara havia se comprometido em colocar essa pauta no dia 29 do mês passado, mas nada aconteceu", relatou.

Ele citou dois exemplos. Um deles é PEC 172, do deputado Mendonça Filho (DEM-PE), que obriga o governo federal  a indicar de onde virão recursos para programas sociais que ele cria e que têm impacto direto nas finanças municipais. Outra proposta é a chamada 'PEC do Cartão de Crédito', que determina que todos os impostos de relação comercial com cartão de crédito fique no município onde se deu a negociação. Hoje, o imposto vai para Barueri (SP).

A Famup reconhece que crise engoliu a pauta da Marcha dos Prefeitos. Na pauta dessa mobilização estariam em discussão questões como a repartição de verbas do Fundeb, que pagam o piso dos professores. Segundo Tota, o governo federal entra apenas com 10%. O estado banca 45% e os municípios são responsáveis pelos outros 45%. "Há um desequilíbrio claro nessa divisão", frisou.

Tota Guedes disse que os municipalistas esperam ter um melhor diálogo no futuro governo de Michel Temer, numa tentativa de rediscutir o pacto federativo. "Veja só: de tudo que arrecada, o município gasta em saúde 28% e 23% em educação. O governo federal gasta apenas 6% a 8%. Essa divisão tem que ser mais equilibrada", argumentou.

 

FONTE: http://portalcorreio.uol.com.br


Últimas Notícias

Programa Novo Mais Educação completa 3 meses de atividades no município.

Memorial Augusto dos Anjos ganha um novo site

Prefeitura entrega kits aos Agentes de Combate de Endemias

Estatuto do Idoso pode ser incluído como currículo complementar na rede municipal de ensino

Câmara de Sapé aprova Voto de Aplauso para o secretário Romero Baunilha Neto

1ª Festa dos Artistas de Sapé realizada com sucesso

Confira outras notícias

Programa Novo Mais Educação completa 3 meses de atividades no município.

A Prefeitura Municipal de Sapé vem desenvolvendo a mais de três meses o Programa Novo Mais Educação, com atividades que tem como objetivo melhorar a aprendizagem dos estudantes da rede municipal de ensino.A comunidade escolar beneficiada tem relatado a melhoria que esses estudantes estão apresentando, e reconhecendo o engajamento da administração municipal em oferecer uma educação de qualidade.Com foco nessa melhoria, foram aplicadas avaliações, ...

Saiba mais informações

Memorial Augusto dos Anjos ganha um novo site

O Memorial Augusto dos Anjos, mantido pela Prefeitura Municipal de Sapé, vai ganhar um site, fruto de um projeto aprovado no Fundo de Incentivo à Cultura Augusto dos Anjos – FIC, do Governo do Estado. O lançamento será na próxima sexta-feira, dia 18, às 19h, na Usina Cultural Energisa, em João Pessoa. Além do site, que se constitui num importante instrumento de comunicação para melhor conhecimento do Memorial Augusto dos Anjos, os documentos mai...

Saiba mais informações

Prefeitura entrega kits aos Agentes de Combate de Endemias

A Secretaria Municipal de Saúde de Sapé entregou quarta-feira, dia 9, Kits completos de material de trabalho para os Agentes de Combate de Endemias – ACE na Escola Municipal de Saúde, em solenidade presidida pela Secretária de Saúde Graça Malheiros Feliciano. A secretária destacou que a entrega do material é uma demonstração do compromisso da administração municipal em favor destes profissionais "que são tão dedicados à sociedade do município"....

Saiba mais informações

Estatuto do Idoso pode ser incluído como currículo complementar na rede municipal de ensino

A Prefeitura Municipal de Sapé deverá adotar o Estatuto do Idoso como Currículo Complementar, em razão da data da instituição do Estatuto do Idoso, Lei 10.741/ de 01 de Outubro de 2003. Os primeiros contratos para a viabilização desta iniciativa aconteceram na terça-feira, dia 9, durante encontro entre o secretário da Educação, Cultura, Esporte e Turismo, Kildere André Lima de Freitas e representantes da Associação da Melhor Idade de Sapé (AMIS...

Saiba mais informações
Todos os direitos reservados 2016 - Desenvolvido pela Fale Comunicação