Portal atualizado em: 23 de junho de 2024 às 8:38h

Major Sidnei lamenta morte de José Maranhão e destaca postura séria e humana do político

Início Major Sidnei lamenta morte de José Maranhão e destaca postura séria e humana do político

Major Sidnei lamenta morte de José Maranhão e destaca postura séria e humana do político

Autor: Assessoria

Major Sidnei lamenta morte de José Maranhão e destaca postura séria e humana do político

O prefeito de Sapé, Major Sidnei (Podemos), lamentou nesta segunda-feira (8), a morte do senador José Maranhão (MDB), aos 87 anos, por complicações causadas pela covid-19. O senador estava internado em São Paulo há 71 dias onde estava sendo tratado da doença. O gestor decretou luto no município por três dias. Para ele, José Maranhão […]

08/02/2021 22h59 Atualizado há 3 anos atrás

O prefeito de Sapé, Major Sidnei (Podemos), lamentou nesta segunda-feira (8), a morte do senador José Maranhão (MDB), aos 87 anos, por complicações causadas pela covid-19. O senador estava internado em São Paulo há 71 dias onde estava sendo tratado da doença. O gestor decretou luto no município por três dias. Para ele, José Maranhão deixará boas lembranças e bons exemplos de um homem público sério e um político humano.

“Quando era governador em 1998 ele me entregou a espada de Oficial e colocou em meu peito a medalha de primeiro lugar da turma. Em 2009, autorizou que representasse a Paraíba e o Brasil no Curso Internacional de Operações Especiais na Colombia. Boas lembranças de um político sério e humano. Deixo meu mais profundo pesar aos familiares, a desembargadora Fátima Bezerra, aos filhos, netos, amigos e a todos os paraibanos por essa perda irreparável”, disse o Major Sidnei.

Nascido em Araruna, José Maranhão atualmente ocupava uma das cadeiras paraibanas no Senado Federal. Ele estava internado em João Pessoa desde o dia 29 de novembro, dia em que foi realizado o segundo turno das Eleições 2020. Dias depois, ele foi transferido em uma UTI aérea para São Paulo.

Maranhão foi deputado estadual, deputado federal, vice-governador e governador do estado da Paraíba em três ocasiões. Em 2018, concorreu ao governo da Paraíba pelo MDB, ficando em terceiro lugar, com 17,44% dos votos válidos, sendo derrotado ainda no primeiro turno das eleições. Como senador, chegou ainda a presidir a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado Federal.


Preferência de Cookies

Usamos cookies e tecnologias semelhantes que são necessárias para operar o site. Você pode consentir com o nosso uso de cookies clicando em "Aceitar" ou gerenciar suas preferências clicando em “Minhas opções”. Para obter mais informações sobre os tipos de cookies, como utilizamos e quais dados são coletados, leia nossa Política de Privacidade.