Portal atualizado em: 30 de junho de 2022 às 15:05h

Prefeito de Sapé surpreende professores e arredonda reajuste da categoria para 34%

Início Prefeito de Sapé surpreende professores e arredonda reajuste da categoria para 34%

O prefeito de Sapé, Major Sidnei, surpreendeu os professores da rede municipal de ensino ao anunciar que o reajuste salarial da categoria será arredondado para 34%, ao invés dos 33,24% previstos pela legislação. O gestor fez o anúncio durante o Planejamento Didático Pedagógico promovido pela Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Turismo com todos os docentes da rede, nesta segunda-feira (21). 

“Nossa equipe financeira se debruçou sobre a situação das nossas finanças e percebeu que poderíamos chegar ao percentual de 34%. Desde o início eu tenho dito em diálogo com os professores que o pagamento do reajuste estava assegurado. O que estávamos estudando era a forma e também se era possível chegar a esse valor arredondado. Tenho muito respeito pela categoria e por todos os servidores públicos. Afinal, também sou servidor público, servi na Polícia Militar durante anos e agora encaro o mandato de prefeito da mesma forma, como uma forma de servir ao público”, explicou. 

Ele contou ainda que o novo valor já será pago na folha de fevereiro, no próximo dia 25 desse mês, e que o reajuste de janeiro será pago de modo retroativo. O impacto financeiro  do acréscimo vai significar mais R$ 700 mil na conta municipal. 

Formação – Desta segunda (21) até a quarta-feira (23), a Secretaria de Educação estará promovendo o Planejamento Didático Pedagógico para os professores municipais de Sapé. Na semana passada, a formação aconteceu com os gestores, com um evento de capacitação voltado para diretores, vice-diretores, agentes administrativos e supervisores escolares.

Volta às aulas – As aulas na rede municipal de ensino terão início na quinta-feira (24), de forma híbrida, com 50% da capacidade de estudantes em cada turma. Serão seguidos uma série de protocolos para evitar transmissão do vírus, incluindo a exigência do passaporte de vacinação para os alunos e profissionais. A medida consta no decreto municipal 2960/2022.

 

Compartilhar

Notícias Relacionadas

Ao continuar navegando no nosso portal, você concorda com a nossa Política de Privacidade. Para ter mais informações, acesse nossa página de Política de Privacidade