Portal atualizado em: 7 de julho de 2022 às 7:47h

Prefeitura de Sapé inicia campanha de vacinação e imuniza profissionais de saúde contra coronavírus

Início Prefeitura de Sapé inicia campanha de vacinação e imuniza profissionais de saúde contra coronavírus

A Prefeitura de Sapé deu início à campanha de vacinação contra o novo coronavírus nesta terça-feira (19). A técnica de enfermagem Severina do Monte Diniz, conhecida como ‘Dona Bibi’, foi a primeira pessoa a receber a imunização no município. Nesta primeira fase, a Secretaria de Saúde irá priorizar os profissionais de saúde com maior idade que estão na linha de frente no combate à covid em Sapé.

De acordo com o prefeito Major Sidnei, Sapé recebeu do Governo do Estado 280 unidades da CoronaVac, quantidade que será suficiente para realizar a vacinação da primeira dose em 280 pessoas. As ampolas para segunda dose serão partilhadas pelo Governo do Estado nos próximos dias.

O gestor municipal comemorou a chegada da vacina em Sapé e ressaltou a esperança trazida com as doses imunizadoras. “Hoje é um dia histórico para Sapé. Iniciamos uma das ações de saúde pública mais importantes dos últimos anos, que é a imunização contra a covid-19. Nosso foco, nossos olhos e nossos esforços são e serão sempre para garantir que nosso povo seja cuidado e que tenha sua saúde e integridade assegurada”, disse.

Ele exaltou o trabalho dos sapeenses que integram a linha de frente pediu que a população respeite o plano de imunização e só procure as unidades de saúde para vacinação aquelas que se enquadrem no público-alvo. “Eles atuam diretamente no atendimento aos doentes e precisam estar protegidos para continuar salvando vidas”, pontuou.

A Polícia Militar realizou escolta das vacinas, que chegou em Sapé no começo da noite. As primeiras vacinações aconteceram na sede da Secretaria de Saúde, mas a partir desta quarta-feira (19), profissionais de saúde que estiverem na linha de frente e tiverem idade avançada também podem ir até às Unidades Básicas de Saúde (UBS) e no hospital da cidade.

O secretário de Saúde de Sapé, Walter Serrano, explica que devido à quantidade de doses disponibilizadas neste primeiro momento, apenas esse grupo será contemplado. Quando o Governo do Estado receber novas ampolas e distribuir para os municípios, os próximos grupos receberão a vacina. “Ficamos agora aguardando a nova distribuição. Iremos adotar todas as medidas necessárias para garantir que a imunização ocorra de forma rápida e segura”, ressaltou.

Após a vacinação dos profissionais de saúde mais velhos, serão imunizados em Sapé povos e comunidades tradicionais quilombola, além da população indígena e pessoas institucionalizadas com 60 anos ou mais e pessoas acima de 80 anos. Depois, será a vez de pessoas com alguma comorbidade, trabalhadores da Educação, pessoas com deficiência permanente severa, forças da Segurança e salvamento, funcionários do sistema prisional, população privada de liberdade, caminhoneiros e cuidadores de idosos receberem a vacina.

A vacina – A CoronaVac foi desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac e, no Brasil, será produzida pelo Instituto Butantan, em São Paulo. O uso emergencial da vacina foi aprovado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) no domingo (17). A agência também aprovou o uso emergencial da vacina de Oxford.

Compartilhar

Notícias Relacionadas

Ao continuar navegando no nosso portal, você concorda com a nossa Política de Privacidade. Para ter mais informações, acesse nossa página de Política de Privacidade