Portal atualizado em: 4 de julho de 2022 às 14:26h

Prefeitura realiza ação de conscientização contra trabalho infantil em Sapé

Início Prefeitura realiza ação de conscientização contra trabalho infantil em Sapé

A Prefeitura de Sapé entregou panfletos informativos e brindes à famílias da comunidade Quilombola, nesta sexta-feira (11), durante uma ação para conscientização e combate ao trabalho infantil. A iniciativa foi realizada em alusão ao Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil (12 de junho).

Durante a atividade, a população foi informada sobre os perigos e consequências do trabalho infantil e a importância de garantir às crianças e aos adolescentes o direito de brincar, estudar e sonhar. As equipes divulgaram ainda o Disque 100, número utilizado para denúncias de possíveis casos desse tipo de crime.

O catavento, símbolo da campanha contra o trabalho infantil no Brasil e no mundo, foi distribuído para as crianças. Secretária de Desenvolvimento Social, Denise Ribeiro ressalta que o objeto simboliza a alegria da infância, que deve ser preservada e valorizada por todos ao redor da criança.

“A responsabilidade é de todos nós, garantir esse desenvolvimento seguro, sem traumas. Por isso, além de fazer pelos que estão ao nosso redor, é nosso dever denunciar em caso de perceber alguma situação que mereça uma atenção dos órgãos fiscalizadores”, explicou.

A atividade foi coordenada pela Secretaria de Desenvolvimento Social e teve o apoio dos órgãos de assistência – Conselho Tutelar, Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas) e Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV).

Para evitar a contaminação e transmissão do novo coronavírus, a ação seguiu todos os protocolos sanitários.

Denúncia – Em Sapé, além do Disque 100, o Conselho Tutelar pode ser acionado através do numero: (83) 9 8176-5450. O denunciante não precisa se identificar.

Trabalho Infantil – É considerado uma forma de violência, pois acarreta danos físicos e psicológicos, transforma as crianças e os adolescentes em adultos precoces, podendo submetê-los a situações extremas que afetam o processo de crescimento e desenvolvimento. Deixa marcas na infância que, muitas vezes, tornam-se irreversíveis e perduram até a vida adulta. Traz graves consequências à saúde, à educação, ao lazer e à convivência familiar.

 

Compartilhar

Notícias Relacionadas

Ao continuar navegando no nosso portal, você concorda com a nossa Política de Privacidade. Para ter mais informações, acesse nossa página de Política de Privacidade