Portal atualizado em: 23 de junho de 2024 às 8:38h

Secretaria de Saúde de Sapé alerta pais para vacinação de crianças contra poliomielite

Início Secretaria de Saúde de Sapé alerta pais para vacinação de crianças contra poliomielite

Secretaria de Saúde de Sapé alerta pais para vacinação de crianças contra poliomielite

Autor: Assessoria

Secretaria de Saúde de Sapé alerta pais para vacinação de crianças contra poliomielite

A campanha nacional de vacinação contra poliomielite chega a sua reta final em 8 dias e a Secretaria de Saúde de Sapé alerta os pais e responsáveis que ainda não levaram seus filhos para receberem a imunização para que se dirijam até uma unidade de saúde até a próxima semana. A meta vacinal que o […]

22/09/2022 17h54 Atualizado há 2 anos atrás

A campanha nacional de vacinação contra poliomielite chega a sua reta final em 8 dias e a Secretaria de Saúde de Sapé alerta os pais e responsáveis que ainda não levaram seus filhos para receberem a imunização para que se dirijam até uma unidade de saúde até a próxima semana. A meta vacinal que o Ministério da Saúde pretende atingir é de 95% do público-alvo e até o momento, apenas 78% das crianças da cidade foram vacinadas.

Os números foram divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde e apesar de já atingir quase 80% do público alvo, as ações continuam até o próximo dia 30 – último dia da campanha. Nas UBSs do município, uma equipe está disponível diariamente para realizar a vacinação das crianças.

A campanha nacional pretende vacinar 95% das crianças menores de 5 anos que ainda não tomaram a primeira dose do imunizante, que deve acontecer entre 2, 4 e 6 meses de idade, além de incentivar a aplicação da dose reforço para crianças de até 5 anos.

“A campanha de vacinação contra a pólio continua até dia 30. Queremos vacinar ainda mais crianças. De terça a sexta as mães podem procurar a vacina na UBS mais próxima de sua casa, que uma equipe estará disponível para realizar o atendimento. É muito importante que os pais e responsáveis levem as crianças. A paralisia infantil não pode voltar ao Brasil e isso só depende de nós”, pontuou a secretária de saúde, Franci Araújo.

O Brasil apresenta o certificado de erradicação da doença desde 1994, mas a queda na cobertura vacinal para 79% vem preocupando especialistas. De acordo com a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) , o Brasil, República Dominicana, Haiti e Peru correm um risco muito alto de reintrodução da poliomielite.


Preferência de Cookies

Usamos cookies e tecnologias semelhantes que são necessárias para operar o site. Você pode consentir com o nosso uso de cookies clicando em "Aceitar" ou gerenciar suas preferências clicando em “Minhas opções”. Para obter mais informações sobre os tipos de cookies, como utilizamos e quais dados são coletados, leia nossa Política de Privacidade.