Portal atualizado em: 21 de setembro de 2021 às 15:47h

Secretaria de Saúde de Sapé se reúne para traçar plano de imunização municipal contra a covid-19

Início Secretaria de Saúde de Sapé se reúne para traçar plano de imunização municipal contra a covid-19

A Secretaria de Saúde de Sapé iniciou a elaboração do plano municipal de imunização contra o novo coronavírus e já definiu a ordem de vacinação entre os grupos da população sapeense. Na terça-feira (19) será realizada uma reunião com o Governo do Estado para ajustar os últimos detalhes para o início da imunização da população.

Seguindo as normas técnicas emitidas pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), neste primeiro momento de imunização, chamado de ‘fase 1’, serão vacinados os profissionais de saúde, povos e comunidades tradicionais quilombola, além da população indígena e pessoas institucionalizadas com 60 anos ou mais e pessoas acima de 80 anos.

De acordo com a coordenadora de Saúde do município, Maria Aparecida Menezes, a Secretaria Municipal já tem conversado com a SES para estabelecer os detalhes do processo de vacinação. Haverá uma reunião nesta terça-feira (19) com a equipe técnica da Saúde estadual para detalhar como ocorrerá a logística da distribuição da vacina.

Após a primeira parcela da população for imunizada, pessoas com alguma comorbidade, trabalhadores da Educação, pessoas com deficiência permanente severa, forças da Segurança e salvamento, funcionários do sistema prisional, população privada de liberdade, caminhoneiros e cuidadores de idosos serão vacinados.

A estratégia será determinada de forma mais específica conforme os grupos prioritários forem imunizados e as vacinas forem disponibilizadas para a população. A Paraíba passa a receber as doses da CoronaVac a partir desta segunda-feira (18) e fará o controle da imunização no estado.

A vacina – A CoronaVac foi desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac e, no Brasil, será produzida pelo Instituto Butantan, em São Paulo. O uso emergencial da vacina foi aprovado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) no domingo (17). A agência também aprovou o uso emergencial da vacina de Oxford.

Compartilhar

Notícias Relacionadas

Ao continuar navegando no nosso portal, você concorda com a nossa Política de Privacidade. Para ter mais informações, acesse nossa página de Política de Privacidade

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support